fbpx
Pesquisar

6024/1203 – INOVAÇÃO E CRIATIVIDADE PARA EVENTOS, CERIMONIAL, MIDIAS E COMUNICAÇÃO PARA O PODER PÚBLICO e TEMAS RELEVANTES

Data de início:

12/03/24

Data de Conclusão:

15/03/24

Objetivos deste treinamento

Metodologia

A metodologia do curso é presencial, com aula expositiva e debates. Essa abordagem permite uma compreensão aprofundada dos temas

Investimento

R$ 1090,00

Carga Horária

Este curso tem duração de 17h aula, e será emitido certificado ao final do treinamento para quem cumprir mínimo de 75%. Os participantes do curso recebem certificado de participação. Nossos certificados podem ser usados para comprovação de horas extra curriculares em faculdades e cursos.

Programação

Terça-Feira:
11h:00min – Credenciamento
14h – 17h: Turno de Aula

Quarta-feira:
09h – 11h:50min: Turno de Aula
14h – 17h: Turno de Aula

Quinta-feira:
09h – 11h:50min: Turno de Aula
14h – 17h: Turno de Aula

Sexta-feira:
09h – 11h: Turno de Aula
11h: Entrega do Certificado.

Dados de Empenho

INLEGIS – Consultoria e Treinamento
CNPJ: 30.050.141/0001-80. INSCRIÇÃO MUNICIPAL:608.267.2.0
ENDEREÇO: Rua Jerônimo Coelho, 354, centro, Porto Alegre
EMAIL: financeiro@inlegis.com.br FONE: 51-3015-5809

Público Alvo

Interessados no tema em geral: Prefeito, Vice-Prefeitos e interessados em geral, Presidentes de Câmara, Vereadores, Assessores, Servidores, Agente Administrativo Legislativo, Chefes de Gabinete, Contadores, Tesoureiros, Técnicos Legislativos, Diretores de Departamento, Diretores de Câmaras, Secretários Municipais, Comissão de Orçamento, Prefeituras e Câmaras, Comissão de Licitação, Pregoeiro, Departamento de Compras, Departamento de Pessoal, Procuradores Jurídico, Secretaria de Administração, Controle Interno, Assessoria de Imprensa, Oficial de Gabinete, telefonista, recepcionista, atendimento ao público, técnico de informática e setor de informática, técnico em contabilidade, Atendimento Procons Municipais, Serviços Gerais e demais profissionais interessados no tema.

Temas Debatidos no Treinamento

O PAPEL DO CERIMONIAL NO PODER PÚBLICO
ETIQUETA E PROTOCOLO NO CERIMONIAL PÚBLICO
PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS OFICIAIS
TIPOS DE EVENTOS OFICIAIS
ETAPAS DE PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS OFICIAIS


CRONOGRAMA DE EVENTOS OFICIAIS
PRECEDÊNCIA E PROTOCOLO
PRECEDÊNCIA EM EVENTOS OFICIAIS
USO DE BANDEIRAS E BRASÕES
PROTOCOLO DE ENTRADA E SAÍDA DE AUTORIDADES
DISCURSOS E COMUNICAÇÃO
PREPARAÇÃO E ENTREGA DE DISCURSOS


COMUNICAÇÃO EFETIVA COM O PÚBLICO
POSTURA E COMPORTAMENTO DURANTE A FALA PÚBLICA
GESTÃO DE CONVIDADOS E PARTICIPANTES
CONVITES E CONFIRMAÇÕES DE PRESENÇA
ACOMODAÇÃO E DISPOSIÇÃO DOS CONVIDADOS
ACOLHIMENTO E RECEPÇÃO DOS CONVIDADOS
SERVIÇOS DE APOIO
COORDENAÇÃO E GESTÃO DE SERVIÇOS DE APOIO, COMO SEGURANÇA E TRANSPORTE
CUIDADOS COM A ALIMENTAÇÃO E BEBIDAS SERVIDAS NOS EVENTOS OFICIAIS
ASPECTOS CULTURAIS E HISTÓRICOS
COMPREENSÃO E RESPEITO ÀS TRADIÇÕES CULTURAIS E HISTÓRICAS LOCAIS
APLICAÇÃO DE PROTOCOLOS E ETIQUETAS ESPECÍFICAS EM EVENTOS OFICIAIS TEMÁTICOS
AVALIAÇÃO E GESTÃO DE RISCOS
IDENTIFICAÇÃO E GESTÃO DE RISCOS DURANTE EVENTOS OFICIAIS
PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DE MEDIDAS DE SEGURANÇA ADEQUADAS

Instrutor

Luiz Fernando Muñoz

Relações Públicas, especialista em cerimonial e eventos, um dos mais destacados profissionais da área no RS.

 COMUNICAÇÃO ASSERTIVA E EFICAZ NO SETOR PÚBLICO – CONVERSANDO COM A SOCIEDADE:

 

PRODUÇÃO DE CONTEÚDO DIRIGIDO E ESTRATÉGIAS DE INSERÇÃO NAS MÍDIAS TRADICIONAIS

 

PRODUÇÃO DE CONTEÚDO PARA AS REDES SOCIAIS

 

TÉCNICAS PARA A AMPLIAÇÃO DO ENGAJAMENTO NAS REDES SOCIAIS

 

ORATÓRIA E APRIMORAMENTO DO PODER DE COMUNICAÇÃO EM CERIMÔNIAS, EVENTOS, ENTREVISTAS E TRIBUNA:

 

TÉCNICAS DE ORATÓRIA

 

LINGUAGEM VERBAL E LINGUAGEM CORPORAL

 

AUTOCONHECIMENTO, AUTOCONTROLE, AUTOCONFIANÇA E PREPARAÇÃO

 

CONTROLE DAS EMOÇÕES / DO NERVOSISMO

 

DOMÍNIO DAS FERRAMENTAS

 

CONTEÚDO PREPARADO E IMPROVISAÇÃO

 

COMO ADAPTAR A ORATÓRIA, CONSIDERANDO O TIPO DE CERIMÔNIA, DE EVENTO E, PRINCIPALMENTE, DE PÚBLICO-OUVINTE

 

COMO RETOMAR A ATENÇÃO DO PÚBLICO-OUVINTE

 

COMO DAR ENTREVISTAS PARA RÁDIOS, TVs, JORNAIS, CANAIS DE INTERNET E BLOGs

 

COMO FALAR NA TRIBUNA, PARA AMPLIAR O PODER DE COMUNICAÇÃO E PERSUASÃO

Instrutor

Bianca Aydos

Ministra Cursos de Oratória desde 1999 e já ajudou a desenvolver a performance comunicativa de mais de 8.000 alunos em cursos abertos ao público e em mais de 130 empresas por todo o Brasil. Diretora e Professora da Falando Bem Capacitação em Comunicação em mais de 150 turma do Módulo Fundamental e 30 turmas de Módulo Avançado .

Comunicação e gestão de imagem: ferramentas para alcançar a percepção desejada.
QUAL O OBJETIVO:
Essa palestra tem como objetivo promover uma abordagem prática, com base em situações reais, para que o participante possa compreender conceitos básicos sobre a gestão estratégica da imagem, como identidade e posicionamento de marca, além de conhecer ferramentas que podem ajudar a ampliar o impacto das mensagens desejadas.
NESSE ENCONTRO VOCÊ VAI VER:
1. O que é posicionamento de comunicação e por que é importante
2. Definição da identidade da marca e sua relação com o posicionamento
3. Estratégias para identificar e segmentar o público-alvo
4. Elementos-chave para uma comunicação eficaz
5. Uso de storytelling como ferramenta de posicionamento
6. Importância da gestão de imagem e reputação.
7. A influência das redes sociais no posicionamento de comunicação
8. Estudos de caso.

Instrutor

Lu Rodrigues

Publicitária, formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com pós-graduação em Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), e MBA em Gerenciamento de Projetos pela USP/Esalq. Com mais de 15 anos de experiência em comunicação pública, institucional e política, passou Sescoop/RS, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul e mais

GESTÃO E FISCALIZAÇÃO CONTRATUAL, DE ACORDO COM A LEI Nº 14.133/2021

 

PLANEJAMENTO E GOVERNANÇA DAS LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES PÚBLICAS

 

OBJETIVOS DA LICITAÇÃO DE ACORDO COM A LEI Nº 14.133/2021

 

FISCAIS E GESTORES DE CONTRATOS ADMINISTRATIVOS:

DESIGNAÇÃO;

SEGREGAÇÃO DAS FUNÇÕES;

ATRIBUIÇÕES;

GESTÃO DE CONFLITOS.

 

FORMALIZAÇÃO DOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

 

DESTAQUES DE CLÁUSULAS NECESSÁRIAS AOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

 

PUBLICAÇÃO DOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS E O PORTAL NACIONAL DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS (PNCP)

 

DESTAQUES RELATIVOS À EXECUÇÃO CONTRATUAL

 

DURAÇÃO DOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS

 

ENCERRAMENTO / RESCISÃO DE CONTRATOS, DE ACORDO COM A NOVA LEI N° 14.133/2021

 

PRINCIPAIS APONTAMENTOS DOS TRIBUNAIS DE CONTAS EM RELAÇÃO A CONTRATAÇÕES PÚBLICAS

Instrutor

Thais Krahn

Auditora Pública Externa do TCE/RS, formada em Ciências Jurídicas e Sociais pela UFSM, Especialista em Direito Tributário pela UFRGS, Chefe da Consultoria Jurídica da Metroplan - Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional, Assessora Jurídica, Diretora do Departamento de Licitações e Contratos, Diretora-Geral e Secretária de Gestão Administrativa e Modernização do Município de Canoas/RS, com larga experiência em Assessoria e Consultoria Jurídica em Direito Constitucional, Direito Administrativo e Gestão Pública.

QUAIS SÃO OS PROCEDIMENTOS E AS CAUTELAS CABÍVEIS PARA A FIXAÇÃO DOS SUBSÍDIOS DO PREFEITO, DO VICE-PREFEITO, DOS SECRETÁRIOS MUNICIPAIS E DOS VEREADORES?


DE QUEM É INICIATIVA LEGISLATIVA PARA A FIXAÇÃO DOS SUBSÍDIOS DO PREFEITO, DO VICE-PREFEITO DOS SECRETÁRIOS MUNICIPAIS E DOS VEREADORES?


O SUBSÍDIO DO PREFEITO, DO VICE-PREFEITO E DOS SECRETÁRIOS MUNICIPAIS PODERÁ SER FIXADO PARA VIGORAR NO MESMO MANDATO? E O DOS VEREADORES, PODERÁ SER FIXADO PARA VIGORAR NA MESMA LEGISLATURA?


QUAL É O PRAZO LIMITE PARA A FIXAÇÃO DOS SUBSÍDIOS?


QUAL INSTRUMENTO NORMATIVO / LEGAL DEVERÁ SER UTILIZADO?


QUAIS SÃO AS 03 REGRAS LIMITADORAS DO VALOR DOS SUBSÍDIOS DOS VEREADORES?


O QUE OCORRE SE NÃO HOUVER FIXAÇÃO OU OCORRER A FIXAÇÃO FORA DO PRAZO LIMITE?


É POSSÍVEL FIXAR SUBSÍDIO DIFERENCIADO DOS DEMAIS VEREADORES PARA O PRESIDENTE DA CÂMARA?


O PREFEITO, O VICE-PREFEITO, OS SECRETÁRIOS MUNICIPAIS E OS VEREADORES PODERÃO RECEBER GRATIFICAÇÃO NATALINA (13º SALARIO) E UM TERÇO DE FÉRIAS, MESMO SEM LEGISLAÇÃO LOCAL AUTORIZANDO?


O SUBSÍDIO DO PREFEITO, DO VICE-PREFEITO, DOS SECRETÁRIOS MUNICIPAIS E DOS VEREADORES PODERÁ SER REAJUSTADO DURANTE O MANDATO OU LEGISLATURA?

Instrutor

Edison Imar Oliveira Mello

Auditor Aposentado do TCE-RS, Economista, Professor Universitário. Consultor de INLEGIS

Nossos Cursos